Saturday, January 28, 2006

"Febre de Sábado - 25 Anos", os sobreviventes, logo à noite na RTP

48 comments:

Verdades said...

Pois é, o mesmo problema de sempre das editoras, que ja vem de há tanto tempo atras. Quase de certeza que diziam "o rock portugues não vende", como ha uns anos atras diziam "o fado nao vende". É preciso que se veja o reconhecimento e sucesso dos artistas portugueses no estrangeiro, e agora é ver as editoras a atropelar umas ás outras em busca de pessoal com chaile aos ombros. E paralelamente, é ver artistas extraordinários a baterem o pé e a criarem as suas proprias editoras, para seguir um caminho com verdade.
Os tempos eram outros e as oportunidades dependem muito dos "tempos"... Ainda assim, haverão sempre sobreviventes!

Ana said...

Estamos em sintonia :/

lena said...

as editoras têm os dias contados, diz-se...

o DVD que gravámos em dezembro ao vivo no hot clube é uma produção independente e vai ser vendido via net e nos concertos

agora vou ultimar preparativos para logo :)

ainda não sei se vou poder ver o jogo
:/

ah, entro na 3ª parte, com o nuclear, o perto de ti e o sempre que o amor me quiser

a banda é o zé marinho ;D

e até mais ver!***

BlogJob said...

aiii afinal sempre vais tocar outras músicas sem ser o semrpe que o amor me quizer...que bom! tou tão ancioso!! um beijinho grande

AmigaTeatro said...

o "perto de ti" também?? Boa!!! :D

Em relação ao jogo está quase a começar e, se não o vires, eu vejo por ti! :P
SLB! Somos bons, pá! ;D

:)**

Verdades said...

O benfica hj nao estava inspirado, não houve luz...E nem o teu vestido vermelho(?) deu boas energias ;)
E lá tive eu de vir para casa quando o jogo acabou para apanhar a dona Lena no ecrán... Um sábado á noite e vir para casa ver a febre... coisas de louca!! ;) Sim, porque chamaram-me de louca!!!
Essa voz tá muito boa!! Uma vitalidade rara de se manter... um controle vocal exímio... E agora é esperar pelo relato da experiência na 1ª pessoa!!

AmigaTeatro said...

Lena, estiveste lindíssima. E sabes, acho que hoje, a tua voz estava particularmente mais bela. Como se fosse possível algo perfeito ficar ainda mais perfeito... Foi um momento muito, muito bonito. :)

(E Verdades, o ‘vestido’ era laranja, laranja! Lool)

Lenita****

Verdades said...

Cá pa mim aquilo tem um toque de vermelho... laranja, vermelho, são irmaos!!! ;)

BlogJob said...

Grande noite!!
Parabens!

Ana said...

Emocionaste-me. 25 anos depois , um piano e a tua voz , foram o suficiente para transmitir a garra de outros tempos , a força das canções , a batida rock transformada em pura energia ( a tua que vem bem lá do fundo ). Tiveste muita classe. Soubeste acompanhar os tempos e não cair no ridiculo de reproduzir aquilo que já passou há um quarto de século ( como tantos que ali passsaram fizeram ).A força e a coragem continuam a ser os teus melhores companheiros. És uma luz muito bonita. Sabes que gosto muito de ti. Um abraço imenso.

Onda said...

Tava eu a fazer zaping quando vejo a Lena na "Febre". Com vestido vermelho ou laranja (ser daltónico não é grave lol)...foi lindo!!! Foi impressão minha ou tirando a estrangeirada do fim, foi quem mais aqueceu as mãos á custa da Lena?
Ai!! É caso para dizer, com tanta fruta em casa e andamos nós a comprar fora. Só se safam os de "xaile aos ombros".

BlogJob said...

Não concordo que alguns artistas tenham roçado o rídiculo..acho que foi tudo fenomenal! Pessoas que já não tocavam juntas, poderem relembrar outros tempos, foi muito bom para todas as pessoas. Tanto para nós que ouvimos, como para os proprios músicos que puderam reviver os seus tempos de gloria.
Sem duvida que de todos a Lena D'Água mantem a melhor voz, e foi a grande actuação da noite! Parabens!

Verdades said...

Onda? lol...
Lena, esta menina ontem ficou toda lixada comigo porque ainda nao a tinha avisado que existia um blog teu... é uns 3 (sao 3 nao sao?) anitos mais velha que eu, e parece que ja faz a diferença, ainda se lembra da Lena em pleno...
Tambem me vais dizer que o vestido era laranja???? Sinceramente... era completamente encarniçado...
Safam-se os de xaile aos ombros e ainda bem :) alguns claro... Mas há quem nao ande de xaile e encante :)
E a Lena ontem obriga-me a vir pa casa para a ver, e ela deve ter ido pá farra, porque ainda não nos veio visitar aki! ;)

Onda said...

Já não se pode confiar em ninguem lol...fui desmascarada e ainda nem é carnaval!!! São 3 são. Claro que me lembro da Lena, mas só depois dos 80, antes disso o casal de arquitectos ainda andava com o meu projecto "debaixo do braço".
Mas não preciso conhecer a música para reconhecer a pessoa. E tu sabes bem disso...

WALDORF said...

Liiiiiinda!

Verdades said...

Claro que sei, fui eu que te ensinei... :)
Mas e o outro lado? Quem está do lado de lá, nao sentirá um tipo de constrangimento ou incómodo ao ver que é Visto a nu? Porque nós temos como ver, mas o outro lado so tem contacto com o que nós dizemos que vemos... Ve aqui, temos o completo á-vontade, já falamos da Lena ha tanto tempo por entre as nossas conversas que se tornou banal. Pra nós é a Lena. Mas ela que nos ve aqui, nunca saberá quem somos...

BlogJob said...

Antes ser activo hoje
do que radioactivo amanhã..

Nuclear não, obrigadooooo!!!

lena said...

hoje depois da neve chorei duas lágrimas
tive saudades do meu pai e da minha mãe...



o vestido é cor de fogo

e não, não fui a lado nenhum, vim para casa :)
ainda cá vim espreitar mas era tarde demais e aterrei com a minha gata puma :)

lena said...

foi bonita a festa, sim



para mim, cantar é partilhar a alma, a nu

o pedro paixão escreveu isto um dia com palavras certas que eu agora não consigo relembrar

mas eu procuro e trago-as logo que as encontre
;)

Verdades said...

Até fiquei com raiva á neve, meu telemovel nao parava de tocar e obrigaram-me mesmo a levantar para ir ver... E graças á neve, desisti de voltar para a casa de lx hj, meu carro nao aguentava trabalhar com este frio... Isto é muita coisa ao mesmo tempo: derrota do campeao, Lena com trinados lindos na Tv, e neve! (e o mundo contra mim por causa de um vestido vermelho, lol)...

Os nossos quando morrem, ficam muito mais nossos. E a sensação de que sao maioritariamente nossos conforta, mas tambem nos dá a palavra Solidao na cabeça. Não é assim?

lena said...

foi só por causa da neve, sei que eles iriam sentir o momento como eu e a minha filha o sentimos, muito emocionadas :)

daqueles momentos que sabemos ser difícil voltar a viver no tempo de uma vida

sei que a única vez que a minha mãe viu neve em lisboa foi nos anos 40, era ela uma menina :)

Verdades said...

Há surprezas que nos enchem o dia e permanecem a partir dai.
A Amália nunca percebeu porque as pessoas lhe diziam que ela lhes enchia a vida e que precisavam muito dela, até ter passado horas a fio a ver as cassetes do Fred Aster, num dos seus mais dificeis momentos. Ai percebeu.
E numa perspectiva ou intensidade diferente, tenho de te agradecer a oportunidade que nos dás deste "em tempo real". Foi uma optima surpreza e é uma optima sensação!

lena said...

Só pagará a dívida o que em mim for frade, - num só claustro, o mundo;
Só pagará a dívida o que em mim for braço, - de meu irmão ajuda;
Só pagará a dívida o que em mim for nada, - perante um Deus que é tudo;
como se Portugal inteiro em mim coubesse.

;*

Onda said...

Olha que lindo!! meu carro que é igual ao teu também não pegou!!! nem quero acreditar que acabei de perder um Showcase da Sara Tavares na FNAC!! Maldito carro.
Obrigada Lena, foi tão bom ontem...Lindo!!! eram 4 da manhã e tava eu a dar uma descompostura a uma certa pessoas que não me falou deste cantinho...lol

BlogJob said...

É impressionante que diariamente alguem encontra este blog! Mas mais impressionante ainda é o carinho que todas as pessoas tem por ti Lena d'Água, pela tua história e pelas músicas que marcaram uma geração! Que infelizmente não foi a minha! mas que eu assimilei como minha..ainda ontem, tive no sofa com a minha mãe. os dois colados ao ecrã. algo que já não acontecia há anos..que poder!!!

um beijinho
pedro

BlogJob said...

ahh i já so falta uma semana para eu ver o meu primeiro concerto da lena d'água ao vivo!! eheh..

lena said...

;)**

Verdades said...

Onda, eu nao disse que o meu carro nao pegava ;) E não sejas assim, porque as 4 da manha so tavas a refilar porque eu te disse que isto existia. A esta hora ainda andavas na escuridao... Ou a ir ver a Sara Tavares...
Pedro, a geração tambem nao é a nossa, e talvez o não ter vivido "essa musica" e "esse tempo" só torna este carinho ainda mais especial! Porque vai directamente direccionado á pessoa. Sem influencias. A pessoa a nu e cru...

BlogJob said...

cmg funciona assim... é bom ver que não sou o unico! bj

BlogJob said...

hummm só keria um emprego...

CARMO said...

Antes de mais, os meus parabens à Lena D'Água pela actuação soberba. Sem qualquer pretensão para além da sinceridade, a capacidade de interpretação e a qualidade vocal estão cada vez melhor. Ao vivo é que são elas e a Lena D'Água esteve melhor que nunca e mostrou uma maturidade e ascensão qualitativa fora de série. Infelizmente não posso dizer o mesmo de todos os que passaram por aquele palco, quando comparados com as performances originais. 25 anos é muito tempo!
Quanto à questão da nova lei e das editoras, queria lembrar-vos que também há 25 anos (+/-), houve uma lei qie obrigava a rádio a passar 50% de música nacional... durou uma semana... honestamente, acho que não é por aqui. É preciso limitar o poder das editoras nas rádios, concretamente, na criação de play lists. Deve permancer a liberdade de escolha pela qualidade e voltarmos a ter locutores de rádio (na verdadeira acepção da palavra) com programas de autor r com nome; o contrário do panoráma actual: play lists, sequeências musicais sem qualquer sentido, locutores mecânicos e "anónimos", e horários em vez de programas.
Mais uma vez, PARABÉNS à Lena D'Água pela actuação divinal com que nos brindou. Parabéns ainda pelas letras das músicas que continuam actuais.
Beijinho!
Sérgio

sónia said...

Parabéns pela actuação maravilhosa! Fiquei "colada" à tv à espera... Foi uma noite mágica! A neve do dia seguinte foi o "icing on the cake", enfim, um fim de semana de emoções!

SAM said...

Foste Linda! Divinal como sempre...bem hajas! Tudo o que poderia dizer-te já foi dito!
Abraço Libertário !

Zana said...

lena DÁgua, anos depois....foi mágico, emocionei-me. Estás com uma voz maravilhosa!!!!!!Revivi A Febre de Sábado sempre com um sorriso colado, eu que estive em Alvalade, só tinha 11 anos e foi o meu 1º concerto ao vivo. Obrigada Lena, pela contribuição!!!!

Francisco said...

Foi muito bonito, mágico, etc etc. Isto é : foi único. Ainda bem que a Lena cantou só acompanhada por piano. Definitivamente ouviu-se a sua imensa classe. Não precisa de banda nenhuma, nem de saltos, nem de ter 20 anos. Basta assim. Deve ser só assim.

Ainda : a lei da rádio, agora, está boa para fazer o frete às editoras que controlam as playlists. Já agora, também, um certo lobby de artistas portugueses ... que (por acaso ?) não estiveram na Febre do último sábado.
Mais ainda : quando morre alguém que amamos, ficamos condenados a um amor eterno.

lena said...

:)

CARMO said...

Ei pá! Esqueci-me de dizer que o Zé Marinho esteve divinal! Ou seja, à altura da voz da Lena D'Água. Mais uma vez, parabéns aos dois!
Sérgio

Tita - Uma mulher, Um blog, algumas palavras said...

Adorei vê-la na Febre de Sábado.
Adorei o programa. Foi comovente

lena said...

:)**

lena said...

releio-vos e sorrio :))



a internete é uma grande descoberta!
viva a internetee! vivaaaaaa!!!
;D**************************

Paulo França said...

Boa! Realmente eu espero que as novas tecnologias acabem com a máfia das editoras!
Todavi, eu gostava de poder adquirir gravações independentes de forma mais fácil!
Laura, a tua mãe já não é viva?~
Bjs e Volta muitas vezes à TV!

Paulo

Verdades said...

Ao contrario do que muita gente pensa, a net tem uma capacidade de ser muito mais real e "perto" do que o que chamam o mundo real...
Sao casas de porta aberta :)))

lena said...

paulo, a minha mãe vive em nós desde junho de 2003... *



casas de porta aberta e janelas escancaradas
;D

Verdades said...

Desta vez vi tudo :) Devias ter tado online para comentarmos! Tive de por familia toda a ver,e alguns cantaram o Sempre que o amor me quiser!! Fiquei toda orgulhosa :)
E fiz votaçao: ganhou que o vestido é vermelho ;p

luisistico said...

Vi este Blog de alto a baixo...Sempre fui fã Lena (permite que trate assim). Sempre gostei da atitude, da postura, da alma, do brilho, do amor.. que se sente quando se vê actuar alguém com a magia que transmites... A noite da "Febre" mostrou apenas mais uma vez aquilo que és... assim simples, pura e mágica... foram instantes mágicos aqueles, sem dúvida, quando se ouvio o piano e a tua voz... LINDO é pouco para descrever o que foi... Emocionei-me, vibrei, chorei mesmo.. Com piano e voz apenas que ficou um espanto. Simplicidade tão profunda e plena..

Onde, quando e como posso adquirir um CD nesse formato? Piano,voz, ao vivo.. ;)

Adoro-te muito* e Obrigado*

:)

lena said...

chegará o dia, provavelmente
;)**

Anonymous said...

"roubaram-te" uma foto...
encontrei-a aqui: a foto

beijo.

Anónimo ;)

Manuel Araújo said...

Lena, isto não é para publicar...

Fiquei satisfeito em reencontrar-te... :)

Avivo-te a memória...

Suíça

espectáculo com a Adelaide Ferreira

Jantar a quatro antes da actuação

Em Zurique: uma passagem rápida pela casa de alguém, que tinha uma filha, que fazia a primeira comunhão...

Lembras-te ? não, então podes ver aqui: O Gajo ou aqui: O Gajo II