Monday, December 22, 2014

piano e voz na figueira da foz, 2005



mariazinha
redondo vocábulo
lisboa que amanhece
a noite passada
que amor não me engana
nem às paredes confesso
deixa-me rir
aqui dentro de casa
queda do império
demagogia
sempre que o amor me quiser
estou além
dou-te um doce
adeus
...
a barca dos amantes
a culpa é da vontade

Tuesday, December 02, 2014

Terra Prometida, 1986


~ Terra prometida

Vi despontar a luz no céu
Mais uma estrela que nasceu         para ti
A pouco e pouco a luz subiu
E foi iluminando o rio          para ti
E sempre que ela brilhar                no fundo do teu olhar

Vou desfolhar o meu amor
Ter o perfume de uma flor         para ti
Vou mergulhar no azul do céu
Ser essa estrela que nasceu         para ti
E sempre que ela brilhar           no fundo do teu olhar

Outras luzes, como archotes, vão arder na noite sem luar
Outros corações perdidos
Como arcas de um tesouro vão-se encontrar

Vi despontar a luz no céu
Mais uma estrela que nasceu       para ti
A pouco e pouco a luz subiu
E foi iluminando o rio         para ti
E sempre que ela brilhar           no fundo do teu olhar

Serve de farol ao mundo, que é um velho barco a naufragar
Dá esperança aos marinheiros
Que à Terra Prometida querem chegar


Letra: lena d’água e luís pedro fonseca
Música: luís pedro fonseca
Álbum Lena d’Água, Terra Prometida, 1986

Sunday, November 30, 2014

TAO


"Subo até ao alto da montanha
À procura de um guru
Olham frias as estátuas de Mu
Faço como o monge no Tibete
Que ao frio se senta nu
Olham mudas as estátuas de Mu
Deixo o corpo ao sabor do vento
Como as canas de bambu
Ficam quietas as estátuas de Mu
Lanço um grito no lago do espaço
Faço ondas como tu
Ficam mudas as estátuas de Mu"

Letra e música de Luis Pedro Fonseca
Álbum de 1986 Terra Prometida, Lena d’Água

techno25000 escreveu...
Esta é pra ouvir naquelas horas de preguiça em que nada apetece fazer, só ouvir boa música mesmo :)) E o toque oriental remete para lugares imaginários que há muito se deseja conhecer. É só fechar os olhos e deixar-mo-nos levar no embalo em direcção ao Oriente :)

Maria João Matos
escreveu...

namarië :) **)O(**

TAO
in Terra Prometida, 1986

Thursday, November 13, 2014

perto de ti, os sentidos do amor e o beijo de john malkovich


lena d'água, john malkovich, duas canções e um beijo na boca ao cair do pano no zona+ de carlos cruz em 1994

Monday, October 06, 2014

Demagogia 1982

perto de ti, 1982



letra: lena d'água e luís pedro fonseca; música: carlos fortuna e luís pedro fonseca,
álbum "perto de ti", 1982, realização de João Egreja

dei por mim a dançar na praia
subi à noite com a maré
fui nas ondas da minha saia
fiquei contigo fora de pé
perto de ti é onde eu quero estar

dei comigo a rolar na areia
o corpo nu vesti de luar
na vertigem da lua cheia
segui viagem p'ra te encontrar
perto de ti é onde eu quero estar

tal como um rio sou água a correr
sobre o teu peito, tão fora de mim
na madrugada o incenso a arder
deixa na pele um cheiro a jasmim
fico perdida de amor

perto de ti é onde eu quero estar
ao pé de ti sinto-me flutuar
perto de ti é onde eu quero estar
ao pé de ti sinto-me transbordar

dei por mim a dançar na praia
fui nas ondas da minha saia
perto de ti é onde eu quero estar