Wednesday, November 08, 2006

voltou o sol e eu devo explicações :)

ou será que não?
as minhas criaturas bem amadas têm-me dado uma trabalheira, mas as coisas estão já mais calmas, a cachorra (a tita) já está ambientada e os bichanos não tiveram outro remédio que confiar na dona e deixarem de ter medo dela:)
afinal ela só quer brincar às mães e aos filhos! ;D
bem, quanto a isso, só mesmo a tazinha, a pequena tigrada que eu herdei do joão moreira, alinha na brincadeira... um nadinha contrariada, mas vá... lol
ontem ao fim do dia presenciei a linda cena da cadela a querer trazer para casa a filha/gata :D pela orelha... lol a ideia era pegá-la pelo cachaço, mas a coisa estava um bocadito mal calculada :D

fui ver o chico buarque :)

as minhas passeatas com a tita têm-me oferecido encontros imediatos com as minhas queridas red admiral :)))
deixo aqui a que ontem andou a brincar comigo :))) só não consegui fotografar a parte em que ela me poisou no nariz :D e na testa :D mas penso que ela estava mesmo a reinar (lol, reinar!) comigo, porque quando poisa na minha mão acredito que sabe que estou a fotografá-la, a admirá-la, e a sentir na minha mão a espécie de motorzinho que ela tem, um brrr muito subtil e grave :D

ando nas nuvens :))

gostava que o Z me fotografasse com elas
precisamos de uma boa foto para a capa e para o poster...
lol
eu sei que há pessoas que se impressionam :DD
tontas!...

11 comments:

As cores da vida said...

Impressionam-se com o quê? Com a beleza?! :-)

Beijos*

Papoila said...

Essa ideia da capa é óptima.
Lena, já viu o filme "A Senhora da Água"?
Não vou contá-lo mas veja e reveja-se numa personagem que é "tu cá, tu lá" com os animais, inclusivé as borboletas.Achei-o super mágico.
Nada é por acaso...

CARMO said...

Sabias que as borboletas só pousam nas pessoas especiais?!

lena said...

não, ainda não vi! mas vou antes que saia de cena

esse, o do gore e o do vinicius
:)

elas vêm ter comigo porque eu vou ao sítio onde sei que elas andam :)
(escolhem os últimos cantinhos onde o sol bate ), e digo "olá linda!, buleta! buleta! ;D
e ponho o braço no ar, aceno, elas ouvem, vêem - talvez com aquelas antenas lindas com bolinha amarela na ponta - e vão fazendo voos em espiral, cada vez mais razantes, como um jogo de apanhada ;D, até que se sentem à vontade para poisar :))) e depois vão esvoaçando para o alto, costuma haver mais uma ou duas por ali perto, lá no ar, mas por enquanto só desce uma de cada vez

e eu fico tão feliz!
:))))

lena said...

e depois de umas piruetas lá em ciiima com as outras, o que me parece namoro, volta a descer, umas sei lá, 5 ou 6 ou 7 vezes, e repousa durante uns segundos, 10, 15, na minha mão

@:)

Z said...

Marca dia e hora. ;)

Maria João Matos said...

:) Mágico :)

francisco said...

há paixões que duram uma vida. ainda bem que não passam do nosso espaço do coração das paixões imaginárias, assim duram mesmo a vida toda!
serei sempre apaixonado por ti Lena.

lena said...

:)*

Salucombo_Jr. said...

As tuas músicas foram uma das heranças que o meu Pai deixou-me.
Quando encontrei este blogue (no ano passado) fiquei tão feliz, que se pudesse dava um beijo ao homem que inventou a internet!
Se a borboleta pousou em ti, sabe tão bem como eu quem é a Lena d´Água.

Catarina Lourenço said...

so porque para mim e' a maior cantora portuguesa... tem uma voz incrivel... transmite tanta calma e paz =) o k e complicado transmitir a uma jovem de 16 anos... mas sempre que quero sentar e reflectir é ao som da sua voz... nao podia ter melhor companhia =) gostava de a ver mais...
as suas musicas têm a qualidade que poucas têm * um grande beijinho e continue !