Friday, September 09, 2005

mail de H

Além do mais, tenho a sensação que nós enquanto povo sempre tivemos um
bocado o estigma contra as pessoas que, de entre nós, conseguem algum
sucesso. Podem eventualmente ser ainda vestígios de uma época onde o
objectivo era passar tão despercebido quanto possível, sob pena de se
chamar a (má) atenção de algumas entidades. Ser medíocre e não dar nas
vistas parecia ser o lema, e apesar de tudo acho que ainda hoje em dia
se nota muito isso. Vai daí que sempre que alguém obtém algum sucesso
por cá, não tarda a aparecer quem ponha em causa esse sucesso,
praticando o clássico "bota-abaixo".


H.

12 comments:

PortoCroft said...

Não fui eu. Juro que não.

Mas subscrevo quase tudo. ;)

techno25000 said...

Lena, bom fim de semana!
Eu depois venho aqui fazer uma visita durante o dia de amanha :)

Bom fim de semana a todos!!!!

lena said...

vou ao porto, volto no domingo

beijos :)

Elvira Bill said...

Bom fim de semana, Lena!

everton said...

Oi, estava passando, sou de fora, parabéns pelas preocupações, vê se me visita ok?

Anonymous said...

Li atentamente o texto e, com o devido respeito pela opinião do subscritor, não concordo com quase nada do que se escreve a propósito da Lena d'Água.
Com pouco tempo para me alongar (e não será este um sítio conveniente para debater o assunto), não posso deixar de referir que nunca a música da Lena foi/poderia/poderá ser considerada/rotulada de pimba. Só um absoluto desconhecimento musical em geral e da música dela em particular admitirá entendimento desse teor.

Pedro F. Ferreira said...

clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap clap

joão (folha solta) said...

Em um post anterior também disse uma vez que a 'máquina' em torno da Lena tinha abafado quase completamente a mensagem inicial que ela queria passar (em grande parte tb. por culpa das rádios e Tv. que passavam - e passam -dezenas de vezes as músicas de lançamento e rarissimamente davam a conhecer as outras músicas de cada álbum, tantas vezes mais interessantes que a primeira). Mas até esse comentário achei que havia sido exagerado pois devia ter dito que a 'máquina' abafou a mensagem apenas parcialmente uma vez que a força era tanta que, Apesar da 'Máquina' a mensagem passou mesmo ... e de que maneira!... (Para quem tenha dois dedos de testa, é claro!...) (De qualquer maneira tb. me referia a outra mensagem que não a mais evidente).
É por isso que aproveitei esta deixa para fazer a emenda e dizer que concordo inteiramente com o Anonymous e com o Hmémnon ... clap ... clap ...

joão (folha solta) said...

Mas tb. quero acrescentar que pelo facto de concordar com o Anonymous não quer dizer que tb. não concorde com o H. que escreveu a carta. Todos sabemos que o público português é bastante 'variado' (e uma pequena parte 'avariado' mesmo!...).
Acho até que foi uma análise bastante perspicaz e gostei sobretudo daquela frase do "ser medíocre e não dar nas vistas parecia ser o lema" que tem muito a ver com o subconsciente nacional que já vem do tempo da outra senhora e ainda subsiste. Já se sabe que os adolescentes de agora vivem siderados com o 'hiphop' e com os 'morangos com açúcar'... ao Beethoven então devem chamar dinossaurio.
Pessoalmente acho que os anos 60 e 70 vão ficar para a história da música da mesma maneira que o Renascimento ficou na história da pintura. Cá em Portugal,(como tudo chega um bocadinho mais tarde), serão os anos 70 e 80 que vão ficar para a história e a Lena d'Água foi uma das principais protagonistas desses anos, digam o que disserem, falem o que falarem ... o povo tem sempre razão "vozes de burro não chegam ao céu"...

Anonymous said...

Devo (eu, Anonymus :) )acrescentar que as considerações tecidas pelo H sobre a conjuntura musical e social de terminada época me parecem acertadas.
Do que discordo é da classificação, em qualquer circunstância (de lugar ou de tempo), da música da Lena como "pimba" (considerado o sentido que o termo assume), tendo embora percebido que não será essa a visão pessoal do H.É que nunca ouvi ou li qualquer qualquer referência à Lena nesses moldes e apenas tenho alguns anitos a menos (não muitos) que ela e sou uma pessoa atenta ao mundo e às coisas.
Coisa diferente é a imagem/personalidade que ela passou dela própria ao longo da carreira, muitas das vezes não deixando perceber a sua inteligência e cultura à generalidade das pessoas.
Mas, para além de uma grande voz (uma das melhores de sempre, já eu ouvi a muitos músicos entendidos), também mostrou as suas fantásticas pernas! Quem nunca ouviu falar das belas pernas da Lena d'Água ??!!! :)

lena said...

pois, o problema foram as pernas!

;D

Hunt and Fish said...

Man there is alot of comment spam I have noticed. Is there any way to remove it from the blogs?