Tuesday, September 27, 2005

Terra Prometida

SOM
Vi despontar a luz no céu
Mais uma estrela que nasceu para ti
A pouco e pouco a luz subiu
E foi iluminando o rio para ti
E sempre que ela brilhar no fundo do teu olhar
Vou desfolhar o meu amor
Ter o perfume de uma flor para ti
Vou mergulhar no azul do céu
Ser essa estrela que nasceu para ti
E sempre que ela brilhar no fundo do teu olhar
Outras luzes, como archotes, vão arder na noite sem luar
Outros corações perdidos
Como arcas de um tesouro vão-se encontrar

Vi despontar a luz no céu
Mais uma estrela que nasceu para ti
A pouco e pouco a luz subiu
E foi iluminando o rio para ti
E sempre que ela brilhar no fundo do teu olhar
Serve de farol ao mundo, que é um velho barco a naufragar
Dá esperança aos marinheiros
Que à Terra Prometida querem chegar
foto josé carlos nascimento

13 comments:

SAM said...

PÉTALAS

As borboletas voam sobre o meu jardim
São cores vivas, pousam sobre as "onze horas"
Nas rosas claras, violetas e jasmins
Um beija-flor traindo a rosa amarela
Beijou a bela margarida infiel
Papoula e dália estão cravadas de ciúmes
E o beija-flor beijando flores a granel
Pétalas, asas amarelas

Pétalas, espinho seco
Folha, flor, lagarta
Pétalas

As florem voam e voltam na outra estação
Só serei flor quando tu fores Verão

Alceu Valença...

Trouxe do JAMAICA uma bebida especial pa Ti, "Sol-Nascente" o ingrediente principal é o carinho!

I said...

Bom dia Laura linda, pequeno Tech, chOURIço querido, AmigaTeatro sem tracinho, Bom Dia turma!Vou ouvir o El Dourado, Shangri-lá , Terra Prometida...Terra onde corre o leite e o mel. (e já que estou a falar em coisas doces: Techzinho...conta-nos novidades da Piriquita!)

techno25000 said...

Bom dia LEna!!
Bom dia a todos!

Lena, bem escolhida a musica para abrires o baú do "Terra Prometida". Será que se segue o magnífico "Ullysseia"?

A Piriquita continua a bombar I, neste caso a bombar travesseiros. Continuam optimos. Há algum tempo que não trinco um, desde aquelas falsificações do Cafe do Preto. Tenho que lá dar um salto. Agora que o Outono está aí começa a apetecer bastante, fazer a "volta do duche" a pé, por ali fora, a pisar as folhas castanhas e a estalar que vão caíndo das árvores, passear pela vila e claro ir directamente à Piriquita :))

Pamina said...

Fiz uma pequena pausa no trabalho e aproveitei para te fazer uma visitinha. Fiquei a ouvir, enquanto relaxava um bocadinho. Obrigada pelo momento:).
Vou voltar de novo à luta (tenho que entregar um livro ao cliente até ao fim desta semana).
Um beijinho.

I said...

Que maravilha...a volta do duche a pisar folhas secas e estaladiças...e, no final, comer um belo travesseiro!!!!!O nosso pequeno Tech tem ideias fulgorantes!!!!!!

joão (folha solta) said...

Era esta a foto que uma vez te perguntei porque é que não havia ficado na capa do álbum. Não é que a capa não esteja bonita (claro que tá) mas se esta foto era tão mais expressiva não percebo porque é não ficou na capa do Terra Prometida?... Acho que é a foto mais linda, a mais reveladora de ti, de todas as fotos que já vi serem publicadas!...
A música não sei se comente ... condiz com a foto ...

lena said...

:)

lena said...

espero que gostem da arrumação que dei hoje à casa
;)

SAM said...

Abre los ojos...

Enterradas las ideas,
para que vas a luchar,
Solúnete a la nueva danza,
de la moda neoliberal.
Abolidas quedan las clases,
entre pobres no hay distinción,
el hambre y la miseria,
son parte de tu imaginación.
Y los nuevos pacifistas,
ahora visten de militar, que fácil hacer la guerra, en nombre de la paz.
Cuanto falso ecologista, pretenden defender,
el azul de lindas playas y los verdes a fin de mes.

Abre los ojos, sal de la oscuridad,
que sentido tiene la vida,
cuando muere la dignidad.
Abre los ojos, busca la claridad,
rompiendo el espejismo, de esta falsa realidad.

Que contento está el obrero,
se acabó la explotación,
sus hijos van a la escuela,
tiene coche y televisión.
Cuanto listo oportunista,
los votos dan el poder,
la derecha ahora es de centro,
y los burros saben inglés.
Que bonito es el amor,
cuando solo sabes odiar.
Que fácil contar mentiras,
cuando escondes la verdad.
Que bien suena tu hablar,
Demócrata infernal cuando escondes tras los murosbajo llave mi libertad.

Abre los ojos.....

ABRAÇO LIBERTÁRIO A TODOS!!!

SEM DEUS NEM AMOS!!!

joão (folha solta) said...

... a propósito do comentário que fiz acima fui ver qual tinha sido o outro comment que fiz acerca da fotografia (Maio.2005) e só pra veres que não foi mera coincidência transcrevo o poema do post em que fiz o comentário

"poesia de pessoa

para ser grande, sê inteiro
nada teu exagera ou exclui
sê todo em cada coisa
põe quanto és no mínimo que fazes
assim em cada lago a lua toda brilha
porque alta vive"

lena said...

:))

Roberto Iza Valdes said...
This comment has been removed by a blog administrator.
Iza Roberto said...
This comment has been removed by the author.